Lista de sonhos

novembro 16, 2012

A Lista

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar?

Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar
Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora
Hoje é do jeito que achou que seria?

Quantos amigos você jogou fora?
Quantos mistérios que você sondava?
Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber?
Quantas mentiras você condenava?
Quantas você teve que cometer?

Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você?
Quantas canções que você não cantava
Hoje assovia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você?
Faça uma lista de grandes amigos

Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia?
Quantos você já não encontra mais?
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você?

Oswaldo Montenegro


Sobre vontades

agosto 26, 2012

Há tempos venho alimentando uma vontade estranha de ir embora… 

Na verdade, essa vontade sempre existiu. Tenho vontade de ir embora para outro lugar, outro país, estar com outras pessoas, olhar outros lugares. Mas agora essa vontade está mais forte.

É bem verdade que as coisas não estão nada fáceis. É bem verdade que ir embora seria a solução perfeita para tudo. É bem verdade que ir embora seria tão mais poético do que ficar e lidar com tudo isso. 

Existe outra possibilidade além desses dois extremos?

Existe sim. Mas será que eu sou forte o suficiente para aguentar todas as consequências disso?

Je ne sais pa, je ne sais pa…

 


quanto tempo faz…

fevereiro 5, 2012

Quanto tempo faz que não passo por aqui…

De agosto pra cá tantas coisas mudaram… Nada de mudanças drásticas ou dramáticas. Até agora só coisa boa!
Há uma calma, uma tranquilidade para se levar os acontecimentos que antes não havia. Há equilíbrio, há harmonia e há, antes de tudo, consideração! Eu me sinto bem, como não me sentia em anos.

Para mim já ficou decidido que esse ano de 2012 vai ser o melhor da minha vida e vai ser o início de um renascimento. Tristezas, decepções, mágoas, medos e tudo o que eu acumulei nos últimos 10 anos irá servir só como lição e nada mais.


Trilhas sonoras da minha vida

agosto 14, 2011

Há várias músicas que parecem se encaixar como luva na nossa vida e nas situações em que a gente se encontra, mas essa aqui é simplesmente um relato de mim ultimamente:

Hand In My Pocket
Alanis Morissette

I’m broke but I’m happy
I’m poor but I’m kind
I’m short but I’m healthy, yeah
I’m high but I’m grounded
I’m sane but I’m overwhelmed
I’m lost but I’m hopeful baby

An’ what it all comes down to
Is that everything’s gonna be fine fine fine
‘Cause I’ve got one hand in my pocket
And the other one is giving a high five

I feel drunk but I’m sober
I’m young and I’m underpaid
I’m tired but I’m working, yeah
I care but I’m restless
I’m here but I’m really gone
I’m wrong and I’m sorry baby

An’ What it all comes down to
Is that everything’s gonna be quite alright
‘Cause I’ve got one hand in my pocket
And the other is flicking a cigarette

An’ what is all comes down to
Is that I haven’t got it all figured out just yet
‘Cause I’ve got one hand in my pocket
And the other one is giving the peace sign

I’m free but I’m focused
I’m green but I’m wise
I’m hard but I’m friendly baby
I’m sad but I’m laughing
I’m brave but I’m chicken shit
I’m sick but I’m pretty baby

An’ what it all boils down to
Is that no one’s really got it figured out just yet
I’ve got one hand in my pocket
And the other one is playing the piano

What it all comes down to, my dear friends
Is that everything’s just fine fine fine
‘Cause I’ve got one hand in my pocket
And the other one is hailing a taxi cab…


There’s a light…

julho 20, 2011

After a long period of darkness and cold I can finally see a light…
This light, however, does not represent hope. No. I have passed the point of believing drastic and extreme changes. The difference now is that I know where I’m going. I know the end of this road and the inside out.

And the light that I can see comes from me, for what does not kill me makes me stronger. Simple like that.


Ando tão à flor da pele…

junho 12, 2011

Preprarem-se para o drama!

Flor da Pele – Zeca Baleiro

Ando tão à flor da pele,
Que qualquer beijo de novela me faz chorar,
Ando tão à flor da pele,
Que teu olhar flor na janela me faz morrer,
Ando tão à flor da pele,
Que meu desejo se confunde com a vontade de não ser,
Ando tão à flor da pele,
Que a minha pele tem o fogo do juízo final.

Um barco sem porto,
Sem rumo,
Sem vela,
Cavalo sem sela,
Um bicho solto,
Um cão sem dono,
Um menino,
Um bandido,
Às vezes me preservo noutras suicido.


Impotência

junho 7, 2011

De acordo com a definição, impotência é:

s.f. Falta de poder, de força.
Qualidade de impotente.
Impossibilidade física ou moral.

É assim que eu me sinto agora. Queria poder fazer algo. Se bater ajudasse, eu o faria. Se eu tivesse dinheiro o suficiente, eu mandaria.

Mas de todo sentimento de impotência, o que mais incomoda é a impossibilidade física. É não poder estar lá do ladinho, falar algumas palavras doces e encorajadoras e dar um abraço apertado.